Modo de Cores no Photoshop

Quero compartilhar os melhores materiais, dicas e tutoriais gratuitamente com você, inscreva-se em minha lista VIP!

Inscreva-se no meu canal

Beleza pessoal, no artigo de hoje vou falar um pouco sobre modo de cor ou Color Mode no Photoshop, mas antes de qualquer coisa, quero esclarecer de vez uma dúvida frequente do pessoal, Modo de Cor não tem a ver com Perfil de Cores … hoje falarei sobre modo de cores e mais adiante abordaremos sobre perfil de cores, ok?

Os Modos de cores no Photoshop são:

Bitmap  Utiliza apenas duas cores e recorre ao efeito dither para as diferentes tonalidades.


Dithering significa matização, é uma técnica óptica usada na computação gráfica em que se intercalam píxeis de duas cores diferentes entre duas áreas adjacentes, a fim de ali se criar uma tonalidade variante dos tons dessas áreas adjacentes, assim fazendo um degradé entre elas. O método possibilita a obtenção de tons de cores que, de outra forma, não se obteriam.Com o emprego do método se dá a impressão de haver tons intermediários, por causa da dispersão controlada da quantidade de elementos gráficos (píxeis) das duas tonalidades das quais se deseja obter o tom variante, o qual é reconhecido pelo olho humano como tal.


Grayscale  Utiliza uma escala de 256 cinzentos que variam desde o branco até ao preto.

Modo Aditivo / RGB


RGB
Tira partido da forma como as imagens são geradas nos monitores dos computadores. A tela dos monitores é revestida por um número infindável de células, cada qual com três fosforescências distintas: Vermelho, Verde e Azul (Red, Green, Blue). A mistura de cores através destas três luzes é denominada de mistura aditiva (mistura em que as cores intervenientes somam as suas propriedades)  de facto, a conversão dos três feixes de luz gera o branco e a ausência das três luzes gera o preto). As restantes cores do espectro visível são geradas pela maior ou menor intensidade de luz de cada uma das cores básicas. Esta intensidade pode variar entre zero (apagada) e 255 (totalmente acesa). A combinação das três cores básicas gera o sistema true color: 256 x 256 x 256 = 224.

True color denomina um método de armazenamento de dados na memória de um computador onde cada pixel é representado por três ou mais bytes. Um byte (oito bits) por canal representa 256 ou 28 intensidades de cor para cada um dos canais, o que nos dá 16,777,216 cores para cada pixel. Acredita-se que o olho humano consegue distinguir algo em torno de 10 milhões de cores, portanto, o sistema se chama true color justamente por mostrar mais cores que o olho humano pode ver e, consequentemente, dá a ilusão de cores reais.
 


Modo Subtrativo / CMYK

CMYK 
Tira partido da forma como as imagens são geradas nas impressoras. Aqui, as cores são obtidas por mistura subtractiva (mistura em que as cores intervenientes degradam as suas propriedades), do mesmo modo que se brincava com os guaches em Educação Visual ou Educação Artística. A impressora utiliza quatro cartuchos de tinta (existem impressoras que geram o preto a partir das três primeiras cores e por isso só possuem três cartuchos) para produzir todas as outras cores: Azul Ciano, Carmim, Amarelo e Preto (Cyan Magenta Yellow BlacK). 
Estas cores fundamentais variam em percentagem desde o zero (ausência de tinta) a 100% (tinta pura). Os olhos humanos encarregam-se de produzir, por exemplo, o verde à custa do ciano e do amarelo. Não é necessário converter todas as imagens a serem impressas para este formato as impressoras possuem algoritmos para isso; porém, existem cores no sistema RGB que não podem ser obtidas pelo sistema CMYK. Se planear utilizar o seu trabalho em impressão, convém trabalhar neste último sistema para que o que vir no ecrã, seja equivalente ao resultado da impressão.

IMPORTANTE:
Além das cores primárias ciano, magenta e amarelo, também é usada a cor preta, considerada como a “cor chave” por ser essencial para definir os detalhes de uma imagem (para alguns, o “K” que faz parte da sigla seria da palavra inglesa “Key“, que significa “chave”). O CYMK é utilizado em sistemas gráficos de impressão cito o exemplo do Off-Set.

Impressoras de Mesa são RGB raramente você encontrará uma impressora com sistema de cor CYMK e quando as encontra as fabricantes marcam essas impressoras com uma etiqueta.


Lab Color 
Aborda as cores de uma forma diferente das anteriores: dispõe todo o espectro puro dentro de um círculo, onde aos quatro quadrantes correspondem as cores Amarelo, Verde, Azul e Vermelho. Para referir-se a uma cor específica, deve dar-se duas coordenadas que corresponderão a um ponto dentro do círculo: segundo a vertical a, que toma valores negativos no terceiro e quarto quadrantes; segundo a horizontal b, que toma valores negativos no segundo e terceiro quadrantes. Este modelo possui uma terceira dimensão (naturalmente perpendicular ao plano do círculo cromático) em cujo eixo se desenvolve a luminância de todas as cores. É esta faceta que torna o sistema Lab Color bastante útil. É utilizado internamente pelo Photoshop para mudança entre sistemas de cores. 

Gostou do Artigo? Responda nos comentários qual o modo de cor que você mais utiliza no seu dia a dia 😉

Comentários do Facebook
Facebook
Pinterest
WhatsApp
Twitter
Print

VAGAS LIMITADAS

Descubra todos os SEGREDOS e DOMINE todos os Recursos do Illustrator. Aprenda a trabalhar de forma profissional nesse treinamento 100% Online.

ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account